Justiça inocenta o prefeito de Ariquemes Thiago Flores de ação movida por Amorim e o Fera

Justiça inocenta o prefeito de Ariquemes Thiago Flores de ação movida por Amorim e o Fera

Na decisão, a juíza diz que “os vídeos e fotos apresentados pela parte autora são imprestáveis”.

O município de Ariquemes e o prefeito Thiago Flores (REPUBLICANOS), foram inocentados, pela Justiça, de uma ação popular ajuizada pelo ex-vereador Ernandes Santos Amorim e o vereador Rafael Bento Pereira (DEM).

Para o prefeito Thiago Flores, a justiça durou o tempo que deveria durar, porém se fez presente. “É um desgaste, quem responde um processo sofre, mas fomos absolvidos”.

Na sentença, a juíza da 1ª Vara Cível de Ariquemes Drª DEISY CRISTHIAN LORENA DE OLIVEIRA FERRAZ, julgou improcedente a ação popular formulada pelo Ernandes Amorim e o Rafael é o Fera. Pois segundo a magistrada, “os vídeos e fotos apresentados pela parte autora são imprestáveis para o fim que se almeja (demostrar lesividade), especialmente porque ficou concentrado na narrativa exagerada criada pelos vereadores no momento da gravação (autor e testemunha), limitados aos discursos, sem compromisso com a demostração dos supostos fatos denunciados”.

Essa ação, jugada Improcedente pela justiça, teve início em 2017, depois que o, na época, o vereador Ernandes Amorim esteve no Hospital Municipal e na sequência acionou uma guarnição da Polícia Militar, afirmando que o lixo hospitalar contendo órgãos retirados após cirurgias estavam sendo descartado de forma inadequada. Amorim chegou a gravar um vídeo, acompanhado pelo vereador Capitão Levi (MDB) e postou nas redes sociais, mostrando sacos de lixo que, segundo eles, haviam placenta, órgãos e tecidos humanos, hoje desmentido pela justiça. Vale ressaltar, que durante no decorrer do processo, o Vereador Rafael éo Fera (DEM) requereu sua participação nos autos como assistente litisconsorcial do autor, (ID 22263829).

Decisão cabe recurso.