Prefeito de Ariquemes, Thiago Flores, solicita ao governo do estado a manutenção do comércio na fase 2

Prefeito de Ariquemes, Thiago Flores, solicita ao governo do estado a manutenção do comércio na fase 2

O CAR, de Ariquemes, possui consultórios ambulatoriais, farmácia, enfermarias adulto e pediátrica e 12 leitos de UTI.

Na manhã desta quarta-feira, 02, o prefeito de Ariquemes, Thiago Flores, solicitou ao governador do estado de Rondônia, Marcos Rocha, o retorno das atividades comerciais para a fase 2 do distanciamento social.

No último dia 29 de Junho, o Estado emitiu a Portaria 11, que classificou o Município na fase 1 do distanciamento social como forma de enfrentamento ao Coronavírus, permitindo apenas a abertura de serviços essenciais.

O prefeito enfatizou que Ariquemes tem feito o dever de casa, mantendo as medidas preventivas e investindo, além dos leitos de UTI, compra de medicamentos, insumos, EPI’s, contratação de profissionais de saúde, entre outros.

Thiago Flores argumenta que Ariquemes possui hoje uma Central de Contigenciamento, composta por médicos(as) e enfermeiros(as) e central telefônica. O município ainda possui o Centro de Afecções Respiratórias (CAR), local para atendimento exclusivo para doenças respiratórias. O CAR possui consultórios ambulatoriais, farmácia, enfermarias adulto e pediátrica e 12 leitos de UTI.

Ariquemes se encontra na macrorregião I, onde o município de referência é Porto velho, porém, Thiago Flores enfatiza que os pacientes não são encaminhados para outro município, sendo todos tratados, medicado e internado, caso seja preciso, na própria cidade.

O prefeito Thiago Flores ainda afirmou que o município está cumprindo as normas e decreto do estado, pois, nenhum município tem o poder de escolha sobre o obedecer ou não. E que espera uma resposta, urgente e responsável do governo do estado.


Até o último boletim epidemiológico emitido pela Secretaria Municipal de Saúde, dia 01, Ariquemes tinha, ao todo, 18 pessoas internadas, com uma uma taxa de ocupação de UTI em 58%.